Amana chuva
Tiba tudo
Chuva amana
Sentimento tiba
Amana dança
Tiba emoção
Amana vida
Tiba conexão
Amanatiba
Vida...

Amana: chuva
Tiba: muita

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Monstrinhos

Os medos, eternos traiçoeiros de um caminhar
Nos fazem acreditar que o monstro existe
Que ele vive dentro do armario e que não podemos nos mexer, o monstro pode sair.
Aquele bixinho do apego,
nos faz acreditar que só aquilo nos dá vida, nos faz felizes. Que sem isso não podemos viver.
Quando alimentamos o medo e o apego nosso e do outro, quanta confusão! Uma grande história sem cabeça se constrói e acabamos machucando o coração.
Olhar ao redor, tirar o véi do medo e do apego, nos faz viver mais leves, nos faz viver presentes, nos faz viver melhor.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Que parte da minha história
Me esfrega, me prende, me arrasa
Me faz ficar ligada a ti
Quando sei que já vivemos nosso amor
Que o tempo e o caminho são outros
Que parte da minha história
Se faz tão dificil em mim de aceitar
Que tu não me rejeita, só segue seu caminhar
Que nossa história se transformou
Que nosso amor mudou, caminhou proutro lugar
Que parte da minha historia
Me traz essa sensação de rejeição
Mesmo sabendo que cuidas de mim.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Das coisas que aprendi

De tudo que aprendi aqui
Neste lugarzinho rigoroso
Lugarzinho, leve
Nessas relações intensas,
Relações em momentos.
De tudo que aprendi aqui
Soa, vibra, movimenta
Troca, respira, amadurece.
De tudo que aprendi aqui
Não há verdade, nem pertencer
Só o estar e o trocar.
De tudo que aprendi aqui
É que o vento sopra mais forte
E a voz da alma fala mais alto.
De tudo que aprendi aqui
Ouvir o coração é essencial,
Observar e estar em cada momento:
No luar entre a copa das árvores
Nos abraços regados a café,
Nas conversas sem fim.
De tudo que vivi aqui,
Ficou a lembrança de nós,
Minhas caminhadas noturnas,
Cantinho silencioso e pacato,
De tudo que aprendi aqui,
Ficou a vontade de partir,
O cheio de goiaba madura,
A vontade de desgarrar do galho
De tudo que aprendi aqui
Ficou a vontade de partir
Ficou também, a vontade de sorrir

Vento sul soprou e me levou
"Só chega quem partiu"

domingo, 23 de julho de 2017

Alquimista do amor

Ela, sorriso no rosto
Saia longa
Cores vivas.

Ela, que gira,
Roda, encanta
É grande alquimista
Dos sabores da vida.

Trans-forma vegetais,
E trigo, no calor do fogo
Com o segredo do amor
Em explosões de cheiros,
Texturas e sabores.

Ela, grande alquimista
Da vida
Ela, grande alquimista
Do amor.

sábado, 22 de julho de 2017

Botão em Flor

Em um sonho muito nítido
Gestava em meu ventre
Botão de flor, de violeta cor.
Com delicadeza o botão se abria
E a cada movimento, mais ele reluzia.
Era tamanho, o brilho violeta
Que do umbigo, eu via.
E por ele, flor violeta saiu.
Caiu em terra macia
E lá se desenvolvia
Em planta frondosa
Esta delicada flor cheirosa.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Sementes

Das sementes que plantei,
Deixo-as ali.
Para que brotem, caso estejam prontas.
Para que se unam a terra, para terra virar.

Das sementes que plantei,
Só a terra saberá
Quais brotaram e floriram.
Quais morreram e partiram.

Errante, pois, não vi, segui.

Voa passarinho

Há noites sonho contigo.
Sonhos de despedida.
Há presença e há partida.
Mas também há luta
Pra que em mim
Parte de ti permaneça
Parte essa, da partida.

Voa, passarinho.
Sente o vento,
Esquece o tempo,
Admira a potência da vida.

Voa passarinho.
O caminho nos molda
Nos transforma
Em cada bater de asas

Voa passarinho,
A cada pena perdida
Um nova e mais potente nasce.

Voa passarinho.
Sê livre e errante.